Fratura do escafóide: Tratamento e Fisioterapia

A fratura do escafóide é a ruptura de um osso do pulso localizado entre o rádio (osso do antebraço) e o polegar.



O escafóide tem dimensões reduzidas e uma forma irregular semelhante ao feijão.

Para compreender exatamente a posição deste ossinho, é suficiente dilatar os dedos da mão, entre o polegar e o antebraço se vê sobressair dois cordões fibrosos com um poço central (Tabaqueira anatômica), dentro desta área está localizado o escafóide.


No interior é mais arredondado, a parte inferior se articula com o osso trapézio através de um tubérculo.

O escafóide é o osso do carpo mas sujeito a fraturas porque em caso de queda é o primeiro que apóia a terra e se encontra numa posição na qual convergem muitas forças externas.

Cerca de 90% das lesões ósseas do pulso são de responsabilidade do osso escafóide que é fundamental para a estabilidade e a dinâmica da mão, enquanto os outros 7 ossinhos do carpo são atingidos raramente por lesões.

Os mais afetados são jovens e adultos, especialmente aqueles que executam trabalhos manuais e os atletas.


Cada trauma ou queda que provoca uma contusão ou uma distensão do pulso deve levantar a suspeita de lesão do escafóide.

Os atletas podem sofrer esta fratura caindo de motocicleta, bicicleta, patins, jogando futebol, basquete, andebol etc, muitas vezes é acompanhada por uma torção no pulso. O perigo desta fratura é que se não é tratada adequadamente, pode ocorrer uma condição denominada pseudartrose .

As conseqüências (o efeitos) poderão permanecer por um longo tempo, incluindo dor, instabilidade, perda de força, mobilidade e uma alteração da dinâmica da mão.

As lesões mais perigosas são expostas e acompanhadas da luxação do osso. A da fratura do escafóide é complicada porque este osso é cercado por cartilagem em quase toda a superfície, o tecido de cartilagem é pouco vascularizado, chegando assim poucas substância nutrientes para formar o calo ósseo.


fonte: Fratura do escafóide, tratamento, fisioterapia e tempo de recuperação (fisioterapiaparatodos.com)

fonte: https://youtu.be/K7OQiFOIFNI

2 visualizações0 comentário