O que são e quais são os neurônios ?

Os neurônios, também chamados de células nervosas, são células do sistema nervoso que estão relacionadas com a propagação do impulso nervoso, sendo consideradas as unidades básicas desse sistema.



Partes do neurônio

Os neurônios são divididos nas seguintes partes: corpo celular, núcleo celular, dendritos, axônio e telodendritos.


  • Corpo celular / Soma: onde fica localizado o núcleo da célula, o citoplasma e o citoesqueleto, assim como as informações do DNA da pessoa. Também é a partir desta parte que saem as extensões dos neurônio - dendritos e axônio, e onde ocorre a integração das informações.

  • Dendritos: prolongamentos que atuam na recepção dos estímulos nervosos, seja a partir do ambiente ou de outros neurônios. Estes estímulos são transmitidos para o corpo da célula (soma).

  • Axônio: são prolongamentos que transmitem impulsos elétricos do corpo celular.

  • Telodendritos: parte terminal da ramificação do axônio, quando o impulso é transmitido para outro neurônio ou órgão.

Tipos de neurônios

Os neurônios podem ter diferentes formas, dependendo da sua estrutura, por exemplo. Sendo que, neste caso, a forma do neurônio irá interferir diretamente na sua função.

  • Neurônios multipolares: apresentam mais de dois prolongamentos que partem do corpo celular. Podem ter vários dendritos, mas apenas um axônio.

  • Neurônios bipolares: apresentam dois prolongamentos a partir do corpo celular, sendo um axônio e um dendrito.

  • Neurônios pseudo-unipolares: com apenas um prolongamento partindo do corpo celular, mas este se bifurca em dois novos prolongamentos, porém ambos são axônios.

  • Neurônios unipolares: apresentam apenas corpo celular e um prolongamento (axônio). Não costumam ser muito comuns, além de servir como células sensoriais da retina e mucosa olfatória.

Funções dos neurônios

Os neurônios ainda podem ser classificados de acordo com a função que possuem.

  • Neurônios sensitivos ou aferentes: como o nome sugere, estas células transmitem os estímulos de fora do corpo e que são produzidos dentro do organismo e, posteriormente, transmite essas informações para o Sistema Nervoso Central.

  • Neurônios motores ou eferentes: recebem informações do sistema nervoso e transmitem para os músculos e demais glândulas do corpo.

  • Interneurônios: existem no Sistema Nervoso Central (SNC) e servem para transmitir as informações e estímulos entre os próprios neurônios, interpretando desta forma os estímulos sensoriais.

Fonte: Significados


Conheça nosso curso de anatomia cardiovascular



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Síndrome de Haff é uma patologia que pode progredir para um quadro grave – a rabdomiólise. Pacientes que apresentam essa síndrome relataram ter ingerido pescado nas últimas 24 horas. A sindrome de