Usar ROBOFOOT, bota ortopédica, ou gesso?

Muitas pessoas tem a dúvida se devem usar a bota ortopédica chamada também de robofoot ou o gesso seria melhor? é sobre isso que iremos falar neste post.


Fisio Runner Brasil


Para que serve o gesso nas fraturas?


O gesso é composto de uma bandagem que, quando molhada, pode ser moldada e, ao secar, fica resistente. Serve para manter a posição do local machucado até que tudo esteja bem novamente.

A posição mantida pelo gesso é a de repouso ou de redução, no caso das fraturas, para que o osso fraturado não se mova.


O gesso imobiliza uma articulação acima e outra abaixo da área a ser tratada. Por exemplo: no caso de fratura dos ossos da perna, o gesso deve ser desde a raiz da coxa até o pé.

O gesso é feito de uma bandagem branca e não deve ficar em contato direto com a pele, para evitar irritações. Por isso, é colocada uma malha tubular de algodão, seguida de algodão ortopédico e só então o gesso é molhado e aplicado. No início, o gesso fica pesado mas, à medida que vai secando, torna-se um pouco mais leve. Para secar totalmente, o gesso leva, em geral, dependendo da estação do ano, de 2 a 3 dias. Nesse período, o cuidado com ele deve ser redobrado, para evitar rachaduras e quebras.


CUIDADOS NECESSÁRIOS:

Nas primeiras horas:

Logo em seguida do trauma ou da fratura acontece o inchaço da extremidade. Mesmo nos casos sem fratura, em que o gesso é colocado, devemos observar a ponta dos dedos, a capacidade de movimentá-los sem dor e a cor da pele.

Elevar a extremidade imobilizada acima do nível do coração ajuda a melhorar o inchaço e alivia a dor.


Também pedir para a criança mover os dedos da mão ou do pé, porque isso ajuda a promover a circulação.


Nos casos de fratura, esse cuidado é muito importante. Com o inchaço, existe um aumento de volume da extremidade, o que pode levar a falta de espaço dentro do gesso. Essa é uma situação de emergência, e a criança deve ser levada ao pronto-socorro, onde o gesso deverá ser aberto.


Fonte: hospital infantil Sabará


Para que serve a bota Robofoot, bota ortopédica?


A Bota Imobilizadora ou robofoot é um produto ortopédico muito utilizado na recuperação de fraturas ou lesões no pé ou tornozelo. A função da bota é imobilizar o local afetado, evitando movimentos e impactos, auxiliando deste modo na recuperação. A bota robofoot promove um suporte para articulações do pé e tornozelo, sendo indicado em casos como fraturas estáveis sem deformidades, luxações, lesões ligamentares, estiramentos, lesões teciduais, pós-cirúrgicos, tendinoses, entre outros.


Bota imobilizadora substitui o gesso?


Na maioria dos casos sim. Cada vez mais utilizadas, as botas imobilizadoras vieram para substituir o gesso nos casos em que a total imobilização não é necessária, pois também imobilizam pés e tornozelos, porém, com a vantagem de serem mais confortáveis pois são mais leves, diferentes do gesso, possuem fácil colocação e remoção, podendo ser retiradas para o banho e também durante o sono, mas siga as orientações do seu fisioterapeuta.

Fonte: alento hospitalar

Veja mais em nosso canal no youtube: https://youtu.be/vd6nCWi_AtE

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Síndrome de Haff é uma patologia que pode progredir para um quadro grave – a rabdomiólise. Pacientes que apresentam essa síndrome relataram ter ingerido pescado nas últimas 24 horas. A sindrome de